quarta-feira, 24 de junho de 2009

DERÊ

Não entendo a surpresa presente em algumas reportagens que ressaltam o desconhecimento dos jogadores da seleção sobre a história de Soweto, cidade símbolo da resistência negra contra o apartheid.

Surpreendente seria se algum dos atletas dissesse: “Ah, meu sonho é jogar uma partida onde Nelson Mandela e Steve Biko fizeram história”. Não?

Fique claro que não classifico todo jogador de futebol como um ignorante, o que seria um baita preconceito. Mas, sem dúvida, é fato que a maioria dos jogadores brasileiros não teve a oportunidade de ter bons estudos por vir de origem humilde, o que explica o desconhecimento.

No fim, até que a resposta de Luís Fabiano e Ramires, dizendo que não deveriam, mas sabiam pouco sobre a cidade foi interessante. Pior se eles tivessem dito: “Soweto? Como não! É a banda de pagode que nos revelou o querido Belo!”.

6 comentários:

Didi Iashin disse...

E essa, com certeza, vai se juntar àquela do jogador (não lembro o nome), que, ao chegar em Belém (PA), disse que era uma emoção jogart na terra onde nascera Jesus Cristo ...

Felipe Moraes disse...

auehauehauehauehaeu

Só rindo mesmo.

Abraço,
Felipe Moraes

Amanda Proetti disse...

Por que será que antes mesmo de baixar a barra de rolagem, só de ver o título do post e a foto eu já conhecia a autoria hein?! rsrsrsrs

Amanda Proetti disse...

Ahaaa... e claro... a expressão "um baita preconceito" só reafirmou a convicção! hehehehehe

Vinicius Grissi disse...

kkkkkkkkkkkkkkk....de fato, era um risco que se corria fazendo este tipo de pergunta aos jogadores de futebol. Infelizmente, não é culpa deles.

Sueto disse...

Não gostei das piadas com o nome.

Att