quinta-feira, 19 de março de 2009



TIRANDO DILETRA

Se você gastou uma nota no Pay Per View do Big Brother, mas tem vergonha de conversar sobre a saída da Naiá com os amigos, nós, do Chongas e do Diletra facilitamos a sua vida e mandamos os principais destaques da rodada fraquinha do meio de semana.

1 - Frio e calculista: Mesmo de luto com a morte de seu torcedor ilustre, Clodovil, o São Paulo segue firme na liderança de seu grupo na Libertadores, venceu o Defensor por 1×0, gol de Borges. É sempre difícil de entender um jogo do tricolor, pois há anos ele é o time mais frígido do futebol brasileiro. O time é frio, parece que não sente nada, e mesmo assim, é tricampeão brasileiro e um dos favoritos para conquistar o torneio sulamericano.

2 - Noite Paulistana: Na terça-feira o Palmeiras venceu o Noroeste por 2×0. Keirrison, o artilheiro que ainda não perdoou a mãe após seu batismo marcou 2 , e segue como maior artilheiro do Brasil em 2009. O trânsito para chegar ao estádio foi tão grande que a delegação palmeirense chegou em táxis ao invés do ônibus, a chuva foi tanta que alagou boa parte da cidade, e quem foi ao Parque Antártica, assim como eu, teve que levar seu snorkel, pé de pato e bóia de braço do Bob Esponja em uma noite tipicamente paulistana.


3 - Autosuficiente: Outro destaque do jogo do São Paulo foi Galvão Bueno. Com o tempo, ele deixou de ser apenas narrador, também faz os comentários sobre o jogo e a arbitragem, deixando para seus companheiros de transmissão Arnaldo e Caio apenas a função de concordar com ele ou não.

Analisando o desempenho do Galvão, descobri que não tenho uma opinião formada sobre quem é o melhor narrador do Brasil, com certeza não acho que é o Galvão, mas também não o acho um dos piores (vide Fernando Solera), logo, conclui que vou passar essa para o pessoal. Quem vocês acham que é o melhor narrador do Brasil?

4- Goleada na praia: O Santos fez 4×0 no Rio Branco, do Acre. O destaque do jogo foi o jovem Neymar, que fez o seu segundo gol pelo peixe em 2 partidas como titular. O resultado foi o esperado, afinal, o time do Santos nem sabia direito que o Acre existia de fato, quanto mais que lá tinha futebol e um time com o qual eles tinham que jogar.

5 - Partida de tênis? - Grêmio mostrou que o campeonato gaúcho, que dizem ser um dos mais fortes do Brasil também não é lá essas coisas. Um time que passa por crises quinzenais como o Grêmio, fazer um placar de jogo de tênis, 6×1 no São José, é brincadeira. Pelo menos dessa vez o pessoal não usar o maior clichê da imprensa gaúcha nos últimos 2 anos: falar que o cargo do técnico Celso Roth está em risco.

6 – Depois de um primeiro tempo pior que o bigode do Belchior, o Cruzeiro construiu todo o placar de 2×0 contra o Universitário de Sucre, da Bolívia na etapa complementar. Com o resultado, a raposa chega aos 10 pontos em 4 jogos e praticamente garantiu sua vaga para a próxima fase da Libertadores.

7 – A Copa do Brasil ainda não teve uma grande surpresa, mas teve surpresa das antigas querendo reaparecer no futebol brasileiro. O Asa de Arapiraca, lembra dele, que já eliminou o Palmeiras na edição de 2002 quase apronta novamente. Perdeu para o Vitória da Bahia nos pênaltis, 5×4 após 2 empates por 1 a 1. A classificação baiana surgiu logo após o goleiro Santos, do Asa desperdiçar seu pênalti. Já tava chegando o dia que um desses goleiros pimpões que gostam de aparecer iriam ferrar o próprio time.

8 – A cidade de Caxias do Sul amanheceu em festa. Ontem, no Alfredo Jaconi, o Juventude de Caxias venceu o Atlético Sorocaba por 2×0 e seguiu para a segunda fase do torneio. O jogo foi sofrido, o time gaúcho fez o segundo gol apenas aos 28 do segundo tempo e conseguiu superar o grande time sorocabano, que está na segunda divisão do Paulistão. O Juventude pega o Vitória, que também teve um jogo extremamente difícil contra o Asa, é, e depois dizem que não tem bobo no futebol…

9 – Em Recife, o Náutico segue firme na Copa do Brasil após vencer o Moto Club do Maranhão. O placar de 2×0 foi aberto por Jhonny e completado no segundo tempo por Gilmar, esse sim, nome comum demais para o futebol.

10 – Errata: Diferentemente do que escrevi na semana passada, o campeonato Pernambucano da primeira divisão não tem apenas 4 clubes, eu já estava achando isso meio estranho mesmo. A Copa do Brasil me mostrou o óbvio, o outro time que compõe a primeira divisão é o Central de Caruaru, que eliminou o Ceará ontem e pega o Vasco na segunda fase do torneio. Agora o campeonato Pernambucano está completo, 5 clubes, 4 que vão para a fase final, e um rebaixado.

Por Luiz Felipe Gallo

10 comentários:

tessie27 disse...

Olá!!! Já que estamos falando de política, passei pra dar um oi pro pessoal do eleitorado do Gabeira!!!

Uelton Gomes disse...

Galvão agora tem um quadro no Esporte Espetacular, que ele visita os jogadores pela Europa. Gosto do Kleber Machado, falando nisso, precisamos dar uma renovada, nos narradores

Abraços!

Humberto Beltrao disse...

Caro Gallo, ao contrário do publicado o campeonato pernambucano da primeira divisao tem 12 times (apesar do título ficar sempre entre Náutico, Santa Cruz e Sport)e é disputado em turno e returno. Os campeoes de cada turno fazendo uma final com jogos de ida e volta. No fim os dois piores sao rebaixados.

A lista dos times é: Náutico, Sport, Santa Cruz, Porto-PE, Central, Vitória-PE, Petrolina, Salgueiro, Cabense, Ypiranga-PE, Sete de Setembro e Serrano.

Breiller disse...

O melhor narrador do Brasil? Está no rádio: José Carlos Araújo, o Garotinho.

Ah, link do Diletra devidamente retribuído no RB.

Abraço!

Leandro Montianele disse...

Essa do São Paulo foi boa!! A vitória foi em homenagem ao ilustre torcedor que virou porpurina...hahahhaa

O melhor narrador é o Silvio Luiz... "olho no lanceeee, pelas barbas do profetaaa". zueira hein!!!

Abraços!

Vinicius Grissi disse...

O Galvão é o melhor narrador do planeta. Não é atoa que está onde está.

Boa homenagem ao Clô!

Didi Iashin disse...

Bão,
como eu sou veinha e não sou do tempo de narrador de televisão (caramba, para que eu vou ficar ouvindo um cara descrevendo o que eu estou vendo??), fico no rádio, mesmo. E, é claro, Zé Silvério da Bandeirantes, Nilson César (você quer saber o tempo de joooogooo???)e, na tv, para zoar de montão, Silvio Luiz, (foi-foi-foi-foi ele!!)

Rakal D'Addio disse...

Daniel Grecco sem preparação.

Daniel Grecco disse...

Agulhada ai hein, Rakal!! Vc é meu amigo, é para polemizar, sei disso. rs. Agora, caros, falar de narrador pra mim é um prazer e tomaria muitas linhas aqui. Todos tem seus méritos, porque narrar uma partida é algo que nasce com o cara, jamais um curso te formará para isso, no máximo poderá aperfeiçoar. E ir até lá e fazer, dar a cara à tapa, é o grande mérito do sujeito, todos já tem. Mas o meu grande mestre (ele não me conhece, espero ainda conhecê-lo) é o Galvão Bueno. No rádio, o saudoso Osmar Santos. Tirando as polêmicas, intervenções mal-sucedidas, gafes e etc, o Galvão, quando se concentra no jogo, sabe melhor do que todos contar o que está vendo, esta é a grande arte. Descrever o que está vendo, mas temperando, colocando fogo no jogo com carisma. Abraços a todos.

Ricardo Moreira Leite disse...

Daniel Grecco fácil...