sexta-feira, 20 de março de 2009

(In)certeza

Difícil fazer algum prognóstico para domingo, onde Corinthians e Santos duelarão pela décima quinta rodada do Paulistinha (como adora dizer Vitor Birner e na qual concordo plenamente)

Será um jogo de opostos, onde o ávido Wagner Mancini tentará emplacar seu esquema de jogo contra o 4-2-3-1 corinthiano que prefere se defender antes de atacar.

Também será o jogo da afirmação do franzino Neymar, 17 anos e cerca de 54kg, que tentará transpor uma defesa composta por Chicão, William e outros defensores com pelo menos 30kg a mais. Será que ele conseguirá se livrar deles com a mesma capacidade do que contra o Rio Branco - AC? Sem falar no Escudero, se este jogar.

Por outro lado, o parrudo Domingos tentará barrar o não menos forte Ronaldo. Resta saber qual é o "golpe" que o valente zagueiro santista tentará aplicar contra o Fenômeno.

Não sei quem vai ganhar. Se Ronaldo marcará um gol, ou se Neymar conseguirá se posicionar como uma excelente opção no time da baixada.

Só tenho certeza que, se o Escudero jogar, ele toma cartão.

4 comentários:

Uelton Gomes disse...

A única certeza é se Escudero jogar tomará cartão amarelo, e será seu 7 cartão em 7 jogos.

Abraços!!!

Daniel Grecco disse...

Pois é caro Ricardo, acho que o Domingos é valente, mas este "golpe" terá de ser matador, assim como o Ronaldo. O zagueiro se cansa rápido e é um pouco lento. Do outro lado o Neymar, com fome de gol... Haja coração! A equipe Diletra acompanhando essas emoções. Farei o jogo, falta tu nos comentários. Um dia isso sai, vamos em frente!!
abraços

Blu disse...

HAHAH..
Escudero sempre carrancudo...

Eu já vi esse filme. Clássico, craques dos dois lados, grandes duelos e no final, quem salva a pátria de um dos lados, é um perna-de-pau.

Diogo disse...

não dessa vez, rá!