segunda-feira, 27 de abril de 2009

TIRANDO DILETRA
Por Luiz Gallo

Pode admitir, o sábado foi de arromba! Tomou um porre daqueles, pegou aquela baranga do escritório. É, aquela que você foge todo o dia, mas a bebida faz milagre, pegou e só se tocou no domingo. Agora tem que desviar o foco no escritório, para não ser a chacota da segunda. Bom, resolver isso a gente não consegue, o máximo que podemos fazer e dar as novas das finais Estaduais, assim você muda o rumo da conversa e fica o menos comprometido possível…

1 -Duelo na Baixada - No duelo entre os artilheiros Kléber Pereira e Ronaldo, o bolota fenômeno Levou a melhor, tem 25 quilos a mais que o santista. Brincadeiras a parte, Ronaldo marcou 2 e garantiu a vitória do Timão por 3×1 contra o Santos em plena Vila Belmiro. O Peixe não jogou mal, mas perdeu grandes oportunidades de gol. Já o Timão aproveitou, e Ronaldo mostrou que o peso não é problema, seu segundo gol foi uma pintura, encobrindo Fábio Costa. O Timão pode perder por até 2 gols em casa que ainda sagra-se campeão paulista.

2 – Galo ao molho pardo – Em Minas o título está praticamente garantido. Assim como no ano passado o Cruzeiro goleou o Atlético por 5×0 e está com a faca e o pão de queijo na mão. Agora você me pergunta, e o filho do Chuck Norris? Claro que não passou batido, Kleber abriu o placar para a Raposa e obviamente, tomou um cartão amarelo, e torna-se o campeão de posts da coluna, afinal, o cara consegue ser notícia até em partida de bocha.

3 – Tudo Igual – A disputa para ver quem fica com o vice-campeonato no Rio de Janeiro continua acirrada. Primeiro o Botafogo tomou o gol, depois, Cuca tomou uma atitude e levou a derrota de brinde para o lado do Flamengo. Entretanto, a disputa para ver quem fica com o segundo lugar estava realmente forte, e o Botafogo levou o empate, final, 2×2. Para o jogo final da disputa do vice, o Fogão sai na frente,pois Maicossuel e Reinaldo saíram machucados.


4 -Falando em vice – Outro time que deu um grande passo para o vice-campeonato foi o Goiás. Na final do campeonato goiano, o Atlético Goianiense com o meio campo formado por Totó, Pituca, Robston e Francismar e desfalcado de Anaílson venceu o Goiás por 2×1 e tem a vantagem de jogar pelo empate na segunda partida. Não sou muito de tomar lado, mas para o bem das piadas dessa coluna, é bom o Anaílson voltar e o Goiás amargar o terceiro vice estadual seguido, dando inveja a Cuca e ao Fogão.

5 – Graaaaande Arlindo – No Ceará, o Fortaleza está mais próximo do seu oitavo título Estadual da década. No primeiro jogo da final, venceu o Ceará por 2×1. O Ceará até que tentou fazer frente ao Tricolor, que saiu na frente. O atacante cearense Arlindo Maracanã, com sua mania de grandeza bateu o pênalti 2 vezes, mas valeu um só, e empatou a partida. Todavia, Guto, aos 41 minutos do segundo tempo deu números finais ao placar, 2×1 e Fortaleza mais próximo do título.


6 – Justiça - Em Santa Catarina, o Avaí não resistiu a equipe do técnico Mauro Ovelha. Jogando em seu estádio, o grande Indio Condá, a Chapecoense venceu o Avaí por 3×1. O destaque do campeonato catarinense não foi nenhum jogador, muito menos um técnico, por mais que ele se chamasse Ovelha. O regulamento do campeonato faz com que o Chapecoense possa jogar apenas por um empate, a vitória por placar mínimo na semana que vem dá a vitória para o Avaí, que teve melhor campanha durante o campeonato. Gols? Saldo? Como diria o grande Parreira, mero detalhe!

7 – Ba-vi – Depois de 3 anos sem um Ba-Vi na final do campeonato Baiano, o Vitória venceu o Bahia fora de casa por 2×1. O destaque da partida apareceu direto do asilo para jogar alguns minutos da partida. Ramón, lembra dele, eterno meia do Vasco, que mais cobra falta do que joga bola resolveu jogar agora, aos 84 anos. O meia marcou os 2 gols do Rubro-negro baiano e assegurou a vantagem do Vitória para o segundo jogo, no Barradão.

8 – Ainda não – O Atlético Paranaense jogava por uma vitória para ser campeão. Jogando na Arena da Baixada, o Furacão foi derrotado pelo Coritiba, 4×2. O Coxa foi superior. Comandado por Renê Simões pela primeira vez no banco e Marcelinho Paraíba, que nem bem chegou e já é considerado o jogador mais feio do Paraná, o Coritiba jogou um ótimo futebol, e venceu fora de casa. Tá certo que a feiúra de Marcelinho fez a diferença e o atacante marcou e abriu espaço para outros 3 gols, um deles da nossa amiga, a pequena sereia argentina, Ariel! Com o resultado, o Furacão precisa vencer o Cianorte em casa para conquistar o título.

9 – Piada pronta – O J Malucelli, que poderia colcar água no chopp atleticano vacilou, e perdeu para o Nacional por 1×0. Com a vitória, o Nacional vai para a quarta colocação, com 11 pontos, encostado no Malucelli que tem 13. Esse item era para tentar explicar como funciona essa fase final do paranaense, mas na boa, se algum paranaense quiser explicar nos comentários, tem meu total apoio, afinal, resumir esse caos todo em 2 parágrafos, nem a pau! A propósito, o jogo foi em Rolandia, terra das…Deixa quieto!

10 – Férias adiantadas – No Pará, isso mesmo! Pará, eles não tem apenas açaí, tem futebol sim, e só o Chongas e o Diletra para acompanharem! Voltando, no Barbalhão, em Santarém, o São Raimundo fez valer o mando de campo e vendeu o Remo por 2×1. A diferença da partida foi o filho do grande Garrincha, Garrinchinha marcou o gol que deu a vitória e o titulo do segundo turno para o São Raimundo, que decide o titulo contra o Paysandu. Como o previsto, Garrinchinha desequilibrou a partida, mas o problema agora é a comemoração, uma cachacinha aqui, uma vodka ali…espero que ele esteja inteiro para a final.

3 comentários:

Didi Iashin disse...

Robston e Francismar - não são nomes apropriados para o meio de campo de um Palmeiras que está retornando aos "bons" tempos do "bom e barato"?
CREDO!!

Marcel Jabbour disse...

Você lembra do "bom e barato", Didi?

Ahhh o Palmeirense deve sentir uma falta do Pena e do Thiago Matias, hein?

Leandrus disse...

Vergonhoso esse Atlético-MG. Perder por 5 a 0 para o maior rival na final do Estadual pelo segundo ano consecutivo é dose, nem o Cuca merece isso...