domingo, 19 de abril de 2009

SÃO PAULO 0X2 CORINTHIANS

Acompanhe aqui o minuto-a-minuto do clássico paulista.

1: Começa o jogo. Surpresa na escalação do São Paulo, o time entra com três atacante: Borges, Washington e Dagoberto. André Lima no banco para alívio do torcedor.

2: O Corinthians repete o time do jogo de ida, ou seja, o pessoal vai voltar a dizer que tem três caras na frente, mesmo que dois deles passem o jogo inteiro no meio-de-campo.

5: Ronaldo rola para Douglas, que arrisca de fora da área. Bosco defende em dois tempos totalmente sem jeito. Na transmissão da partida, sugerem que o goleiro deu um susto na torcida. Eu duvido e explico: tenho certeza que o torcedor do São Paulo fica ate mais tranquilo quando vê que Bosco está defendendo exatamente igual a Rogério Ceni.

10: André Santos recebe o amarelo depois de cotoveladinha amiga em Dagoberto. A influência de Escudero no Corinthians é cada vez mais nítida.

17: A Gazeta transmite Manchester e Everton umas cinco horas depois do término do jogo. Eu, você, o Raul Gazzolla e o palhaço bozo vimos que deu o time de Liverpool na disputa de pênaltis. Força jornalismo esportivo!

20: Jorge Wágner cobra escanteio e Washington tenta desviar com o dorso da mão. O árbitro aplica o amarelo e o atacante reclama. Os caras inventam a 18ª regra de gozação "Na área tudo vale e tudo vale na área" e tem que nego acredita.

22: Jorge Wágner foge da marcação e cruza na área. Washington e Borges achando que fariam o primeiro gol conjunto da história do futebol mandam para fora. Fã de Super Campeões é complicado.

25: Cristian recebe amarelo por cera. Isso, o cara manda uma pá de gente ir para a..., enfim para aquele lugar e quando recebe o amarelo é por cera.

27: Éééééééé gollllllllllll! Jogielka converte a penalidade e o Everton está na final da FA Cup.

28: Renato "Se o Breno pode, também posso" Silva rouba a bola no campo de defesa, sai em velocidade, dribla um sujeito perdido e... isola com gosto.

32: Ronaldo recebe em velocidade e bate em cima de Bosco. É escanteio e Ronaldo dá sinal de que precisa de uns três tubos de oxigênio, quem ligou a televisão nesse momento pode achar que o garotão acabou de correr a São Silvestre.

36: Dagoberto bate falta com a bola rolando...

42: Bate-e-rebate louco na entrada da área do Corinthians, a bola sobra para Wahington, mas William chega primeiro e dá um bico em direção ao gol. Felipe defende. Os sãopaulinos reclamam de recuo, na televisão o comentarista da arbitragem diz que não houve a intenção. Lógico, o William queria fazer o golaço...

43: Disputa de gigantes. Washington e William apostam corrida (quer melhor cera do que essa), Washington ganha, mas Chicão - que devia estar uns 100 metros atrás - aparece do nada, vence os dois e acaba com a graça de todo mundo.

Intervalo: Nos outros jogos, disputa acirrada, Inter 6X0 Caxias. No Rio, Flamengo e Botafogo ficam no zero.

1: São Paulo começa em cima e Borges cabeceia no travessão.

6: Dagoberto tenta cruzamento e mostra porque é reserva.

10: Goooolll do Corinthians!!! Jorge Henrique chuta e a bola sobra para Douglas. Apenas com Renato Silva à sua frente, o meia só tem o trabalho de tocar para às redes.

12: Gooolll do COrinthians!!!! Ronaldo recebe em velocidade e toca por cima de Bosco. O atacante, que parece nem estar ofegante, repete o sinal de Cristian trocando os dedos médios pelos indicadores, ou seja, Ronaldo fez o simbolo da torcida do São Paulo. Ai ai...

14: Não dá nem para enganar, nenhum jogador do São Paulo quer continuar jogando, se perguntar deve ter nego preferindo treinar a terminar o jogo.


23: Chegou a pizza. Calabresa e quatro queijos. Volto mais tarde.

31: Douglas fica cara-a-cara com Bosco e prefere aplicar mais um drible. "Firuleiro, eu?"

33: Estamos diante de um ex-jogo em atividade.

36: O jeito é mudar para a Band. Segue Luciano do Valle, o Bolacha: "... Jorge Henrique, que hoje jogou de ala..."... volto para a Globo.

38: Rodrigo é expulso. Cumpre suspensão no estadual de 2010... torcida do São Paulo fica apreensiva.

41: Corinthians trocando passes há un 79 minutos. Porque o juiz não termina o jogo logo? Os caras fazem tanta lambança, essa pelo menos seria uma lambança do bem.

42: Tá tão chato que quero ver outra coisa, mas os canais concorrentes não tão ajudando.

45: Fim da partida. Corintianos fazem mais festa do que quando o clube voltou à Série A.

45: Kléber Machado elogia a torcida do São Paulo pelo apoio ao time. Bacana. Quero ver qual será a reação se o time for desclassificado na Libertadores.

Nos outros estados do Sudeste e Sul, vitória do Flamengo, do Inter (por pouco) e do Cruzeiro.

Aqui nos arredores uma dezena de jovens mancebos comemoram a vitória do alvinegro com cantigas extremamente ofensivas "Passou, passou, passou um avião..." é provavelmente a mais intensa. Gritos e gritinhos ressoam de minuto a minuto e eu encerro tentando me lembrar do que Vanderlei Luxemburgo chamou o garoto Lenny no começo deste ano.

4 comentários:

Felipe Moraes disse...

O jogo foi melhor que o de ontem, no Palestra. E o Corinthians foi muito mais time.

Abraço,

Felipe Moraes

Leandrus disse...

Cara, esse segundo tempo deve ter sido triste! Tomara que os jogos das finais sejam melhores...

Rakal D'Addio disse...

Graça com dois "esses" e extremamente com um "esse". Quem escreveu esse texto, heim?

Thiago disse...

A defesa do Corinthians desequilibrou o confronto. Atuou bem nos dois jogos.