sexta-feira, 13 de março de 2009

VELINHOS PERIGOSOS

Desde que Romário conseguiu ser artilheiro do Campeonato Brasileiro no auge dos seus 39 anos, em 2005, os velhinhos tem estado mais em alta do que nunca pelo futebol brasileiro.

Com uma consulta ou outra no geriatra pra ver como está ciática, vários jogadores tem se alongado na carreira. Lembrei de alguns exemplos marcantes. Se vocês puxarem outros pela memória, comentem:

Túlio Maravilha: Eterno xodó dos botafogueses, o irreverente Túlio promete jogar até marcar o milésimo gol. Atualmente com 39, acredita que chega a marca em dois anos. Entre peladas de casados e solteiros e partidas de futebol de botão, Túlio já marcou 872, segundo suas contas.

Fernando: Os 41 anos já lhe garantiram praticamente um novo nome. Ninguém mais chama ele de Fernando e sim de “Veterano Fernando” (veja como fica mais fácil achá-lo no google assim). Com passagens por Palmeiras, Botafogo, Inter e Guarani, Veterano Fernando não parece disposto a parar, até porque ainda corre mais do que muito chinelinho por aí.

Sorato: Aos 39, Sorato segue marcando seus golzinhos, como o que fez contra o Botafogo, semana passada. O surpreendente é que defendeu apenas um clube fora do Brasil, o Videoton da Hungria.

Renaldo: Prestes a completar 39, Renaldo teve sucesso defendendo o Atlético-MG, onde dividiu a artilharia do Brasileirão com Paulo Nunes. Hoje joga pelo Dom Pedro-DF, que foi eliminado pelo Botafogo da Copa do Brasil.

Euller: Outro que está beirando os 39, Euller era conhecido como “o filho do vento”, quando chegou como revelação ao São Paulo. Também passou por Palmeiras, Atlético-MG e Vasco. Hoje, “o filho da brisa” defende pela terceira vez o América-MG.

7 comentários:

Fernando Gonzaga disse...

tem jogador mesmo que se nega a parar...alguns até contribuem com a experiência, já outros, são pesos mortos dentro de campo..

aqui em SC tem o Anderson Lima, lembra do lateral ex-Santos e São Paulo, ele está jogando na Chapecoense, também está na faixa dos 37 ou 38...

abraço!!

Uelton Gomes disse...

Em São Paulo ainda temos: Amoroso,Giovani e Luizão, que estão defedendo os times da interior.

Abraços

Rodrigo Estevam disse...

Aew cara, muito bom seu blog, da uma passada no meu!?

Abraços
www.produckbr.tk

Didi Iashin disse...

E o Marcelinho Carioca??
(intermináááááááááááááável!)
Do Euller, nós, porquinhos, temos boas lembranças. Principalmente aqueles dois gols de cabeça contra o Flamengo, na Copa do Brasil/99.

Blu Lima disse...

AHUAUAHUAHA. "O filho da brisa". Rachei demais!

Tem vários andarilhos por aí ainda. Viola, Basílio e Sérgio Manoel são bons exemplos.

Rakal D'Addio disse...

Tem o filho do brisa também. Me parece que o nome é alguma coisa Henrique, talvez.

opiniões&crônicas disse...

O Euller jogava muito! Gosto de saber sobre esses caras que ainda jogam. Esquerdinha, ex-Palmeira, vivem em Santa Bárbara, região sul de MG. Possui um barzinho bem legal. Tive a oportunidade de jogar com ele em Itajubá, mesmo estado.

Abraço!