terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Para quem é objeto de gozação por ser um clube reconhecido apenas em território nacional, o saldo da contratação de Ronaldo, horas após o anuncio do acordo, é formidável.

A informação ecoa nos principais sites esportivos internacionais: The Guardian, Marca, Clarin, Gazzetta dello Sport; a exemplo do que havia ocorrido pela manhã após a contratação de Juande Ramos pelo Real Madrid.

Além disso, há a expressiva venda de camisetas do clube, tema amplamente destacado pelos sites nacionais hoje.

Dentro de campo, a expectativa é grande. Futebol, Ronaldo nunca pareceu ficado sem. Por isso, a transação é tão admirável.

Há tempos, o São Paulo desponta como o clube que melhor se adaptou as regras do futebol moderno. Hoje, o Corinthians parece ter confirmado sua entrada no jogo.

8 comentários:

Leandrus disse...

Se ele quiser, Ronaldo deverá fazer muito pelo Corinthians. E o que o Timão vai lucrar em cima disso né brincadeira não...

Só que é bom o Ronaldo já ir se preparando para um Fla x Corinthians no Maracanã. Os rubro-negros não vão perdoar...

Arthur Virgílio disse...

Acredito que a repercussão mundial tem muito mais a ver com a figura de Ronaldo, do que a do Corinthians.

O Fenômeno pode até não jogar, mas será um verdadeiro fenômeno de marketing para o Corinthians, que só hoje vendeu R$ 14 mil em camisas com o nome do craque.

¬¬** Thiago Almeida disse...

É o femonemo!!! rsrsrs.

E aí quandoa gente vai marcar aquele almoço no Vitrine?

Yukio disse...

Pára Rakal.
"Com a contratação do Ronaldo, o Corinthians parece ter entrado no jogo" ??
Só pode ser piada!
A contratação do Ronaldo assemelha-se à contratação do Adriano, que é considerada por uma grande parte dos são paulinos (inclusive cartolas e comissão técnica), como o maior erro do SP em 2008.
Realmente é uma jogada incrível de marketing e, se ele conseguir recuperar a forma, um reforço extraordinário, mas está MUITO na cara que é uma jogada política do Andrés Sanchez para se reeleger.

Palavras do Sócrates:
http://blogdopaulinho.wordpress.com/2008/12/10/palavra-do-magrao-24/

Rakal D'Addio disse...

Sueto, você tá comparando coisas diferentes e passando por cima de vários fatos importantes.

O Ronaldo tem contrato de um ano, vai gerar receita e de quebra fazer uma pá de gols.

O que mais você quer? É uma jogada inteligente.

Tem contornos políticos? Que seja, o Andrés Sanchez não inventou o marketing.

Muito melhor trazer um jogador que trará benefícios ao clube a distribuir pizza para conselheiro antes da votação, não acha?

Quanto ao Adriano, não tem erro de planejamento nenhum. Se ele pedisse para voltar para o São Paulo você acha que alguém negaria?

Fez gol atrás de gol, tanto que São Paulo naquele começo de ano era praticamente sinônimo de Adriano e Jorge Wágner.

Aliás, não fosse ele, talvez o São Paulo não tivesse nem chego nas quartas da Libertadores.

Contra o Nacional, fez o gol da classificação, por exemplo.

Fernando Gonzaga disse...

o Ronaldo vai contribuir pouco dentro de campo, devido ao desgastante calendário brasileiro...sua contratação é mais da área de marketing mesmo...

Ricardo Moreira Leite disse...

Maior contratação de um clube brasileiro nos últimos 13 anos.

Só não é maior que a vinda de Romário no centenário do Flamengo. Lembrando que ele tinha sido eleito o melhor do mundo um ano antes.

Vinicius Grissi disse...

Já começou a eleição da Seleção Marcação Cerrada do Campeonato Brasileiro. Conto com seu voto!

Começamos pelo goleiro.

http://cerrada.blogspot.com