domingo, 10 de agosto de 2008

BRASIL 5X0 NOVA ZELÂNDIA

Foi o melhor resultado de uma aquipe ainda em formação. A ampliada vitória da Seleção Brasileira indicou uma equipe propensa a se desenvolver ao longo da competição, como se esperava de um grupo desprovido de tempo de preparação.

A movimentação de Anderson, os avanços de Marcelo, o oportunismo de Alexandre Pato e o brilhantismo de Ronaldinho Gaúcho - ainda que muito aquém de outrora - deram a Seleção uma cara mais simpática aos olhos dos torcedores obrigados a despertar pouco antes do raiar do dia.

Faltou, entretanto, um pouco de cuidado na saída de bola, além do aproveitamento maior de ambos os flancos do campos - o direito, principalmente. Sobre Ronaldinho, a expectativa é que sinta-se mais à vontade para finalmente repetir o futebol que o consagrou pelos clubes que passou.

Um comentário:

Gustavo disse...

É... a seleção tá mal, mas até agora a melhor opção nos ataques tem sido o Marcelo, que pode até não aproveitar isso bem, mas é o que mais aparece como opção de jogada ofensiva