quarta-feira, 23 de abril de 2008

RETROSPECTO - SÃO PAULO X ATLÉTICO NACIONAL

Os resultados negativos, o fraco desempenho e a desorganização do São Paulo assustam os torcedores do time paulista. No último domingo, a equipe dirigida por Muricy Ramalho demonstrou sua enorme fragilidade, em uma partida onde o tricolor não conseguiu marcar o adversário e muito menos atacá-lo.

Porém, agora o momento não permite abatimentos, os são-paulinos precisam reerguer a cabeça, pois nesta quarta-feira, no Morumbi, o time encara mais uma decisão, desta vez diante do Atlético Nacional, pela Copa Libertadores.


Libertadores: São Paulo x Atlético Nacional

2008 – Atlético Nacional 1 x 1 São Paulo

Essa foi a única partida que os dois clubes disputaram na história do torneio.

Libertadores: São Paulo x Clubes Colombianos

1974 - Millonarios 0 x 0 São Paulo
1974 – São Paulo 4 x 0 Millonarios
2004 – São Paulo 0 x 0 Once Caldas
2004 – Once Caldas 2 x 1 São Paulo

A história do São Paulo contra equipes colombianas é curta. Jogando no Morumbi, pela Libertadores da América, o tricolor nunca perdeu para times da Colômbia.


Libertadores: Atlético Nacional x Clubes Brasileiros

1975 – Atlético Nacional 1 x 1 Vasco
1975 – Atlético Nacional 1 x 2 Cruzeiro
1975 – Cruzeiro 2 x 3 Atlético Nacional
1975 – Vasco 2 x 0 Atlético Nacional
1990 - Vasco 0 x 0 Atlético Nacional
1990 - Atlético Nacional 1 x 0 Vasco
1993 – Atlético Nacional 0 x 1 Flamengo
1993 – Internacional 0 x 1 Atlético Nacional
1993 – Flamengo 3 x 1 Atlético Nacional
1993 – Atlético Nacional 0 x 0 Internacional
2006 – Palmeiras 3 x 2 Atlético Nacional
2006 – Atlético Nacional 1 x 2 Palmeiras

No elenco do Atlético Nacional inscrito para a Libertadores 2008 nove jogadores fizeram parte do grupo que enfrentou o Palmeiras em 2006.


Verdadeiro ou Falso: Caso o São Paulo não conquiste a vaga para a próxima fase da Copa Libertadores esta será a primeira vez que o tricolor cai antes do mata-mata?

Resposta: 25/04

2 comentários:

LF disse...

Ola caro Marcel,

Foi com grande prazer que vi a sua visita ao VEDETA DA BOLA.
Aproveito para felicitar pela conclusão dos trabalhos.

Quanto ao futebol as coisas não têm corrido bem ao meu Benfica, e ainda menos ao seu Corinthians que lamentavelmente caiu na segunda divisão.
Vai ver que quando voltar voltará com força redobrada. Aqui em Portugal o histórico Vitória de Guimarães baixou de divisão, este ano subiu, e agora está em segundo lugar só atrás do F.C.Porto, e com muitas hipóteses de se apurar directamente para a fase de grupos da Champions League. Ou seja, voltou mais forte que nunca.

Quanto ao meu Benfica está em crise. Há muito afastado da luta pelo título, foi em apenas duas semanas eliminado da Taça Uefa pelo Getafe com duas derrotas em casa e fora, da Taça de Portugal com o rival Sporting (ganhando a 25 minutos do fim 0-2, perdeu incrivelmente 5-3), e desceu de 2º para 4º na Liga, estando com muita dificuldade para conseguir entrar nos lugares da Champions.

No início da época sairam Simão, Karagounis, Anderson e Miccoli. Não foram devidamente substituidos, e a vítima acabou por ser o técnico, despedido logo no início.
Veio o espanhol José António Camacho, mas também já se demitiu. Agora está Chalana, que foi um grande jogador nos anos 80, mas como técnico é muito fraco.
A equipa é uma verdadeira multinacional, com jogadores de Angola, Costa do Marfim, Cabo Verde, Camarões, Uruguai, Paraguai, Argentina, Brasil, Estados Unidos, China, Grécia, Austrália, França, Congo, Argélia, Roménia, Alemanha e também alguns portugueses.

Rui Costa vai abandonar o futebol e integrar a direcção. Léo possivelmente não vai chegar a acordo financeiro para continuar. Cristian Rodriguez pede muito dinheiro e deve também sair, Nelson e Katsouranis deverão ser vendidos, Petit e Nuno Gomes estão a ficar veteranos e não quero imaginar o que vai ser a próxima época.
Resta-nos o grande guarda-redes Quim, o Luisão (muito azarado com lesões) e o goleador Cardozo (que marca golos mas tem mau feitio).

Lamentavelmente não tenho podido seguir a Copa Libertadores, pois embora a tv portuguesa transmita alguns jogos, o horário é muito tardio (início à 1.30 ou 2.00 da madrugada), e tenho de trabalhar no dia seguinte.
Quando se chegar as fases finais, farei então um esforço para ficar acordado.

Um abraço e até breve

LF

Tarsila disse...

Legal esse blog aqui!
;) Que tenha vida longa!
abraços