domingo, 27 de abril de 2008

BATE PAPO - PONTE PRETA 0 x 1 PALMEIRAS


Lopes: Alô?Por favor, o Chico está?

Chico: É ele. Lopes?

Lopes: Isso!Tudo bem Chicão? Tive um compromisso de tarde, não consegui ver o jogo. Deu Palmeiras, né?

Chico: Justamente, Lopes. Um a zero.

Lopes: Foi jogão?

Chico: Nem foi, viu. Nenhuma das equipes empolgou hoje, o primeiro tempo é um reflexo disso. Muitos passes errados, nervosismo, principalmente pelo lado da Ponte.

Lopes: Normal! É uma final de Campeonato Paulista! Que mais?

Chico: Nenhum dos times mostrou muita criatividade. A Ponte sentiu falta do Renato, principal armador do time, que não pode jogar, pois estava suspenso. Já o Palmeiras, teve seus jogadores mais criativos muito bem marcados.

Lopes: Hum...O Valdívia foi um deles?

Chico: Sim! O chileno participou muito pouco na primeira etapa do jogo. Quem se destacou foi o atacante Kléber.

Lopes: Tem jogado muita bola, não?

Chico: Pois é. Se movimentou, correu de um lado pro outro, infernizou a vida dos zagueiros. E por merecimento, se é que existe isso no futebol, fez o gol do alviverde.

Lopes: Ah é?E como foi?

Chico: Foi num escanteio. O Leandro cobrou e o Kleber ele antecipou a zaga no primeiro pau e marcou de cabeça.

Lopes: E o goleiro da Ponte, o Aranha? Falam que o cara é muito bom.

Chico: E é mesmo. Fez uma boa defesa em chute do Alex Mineiro. Mas no gol não teve jeito. Essa não dava pra defender, nem Aranha, nem mosca, nem gafanhoto, nem...

Lopes: Já entendi! E a Macaca?

Chico: Já disse. Nem macaca, nem aranha, nem cachorro...

Lopes: Não!Eu quero saber se a Ponte, a Macaca, não fez nada de bom?

Chico: Ah! Não, não. Ameaçou muito pouco. O lance mais agudo também foi de bola parada, numa cobrança de falta do Vicente. Marcos fez uma defesa difícil. Só melhorou um pouco no 2º tempo, quando o técnico Sérgio Guedes colocou o meia Giuliano no lugar do lateral Raulen. Depois entraram Leandro e, por fim, Marcelo Soares. Os ataques da Ponte passaram a ser mais constantes, mas continuaram pouco eficientes. Os campineiros ainda esbarravam nos erros de passes. Logo o Palmeiras equilibrou o jogo, adotando uma marcação forte e explorando os contra-ataques. O Luxemburgo até tirou o Valdívia pra colocar Denílson. Depois colocou o Lenny no lugar do Kleber.

Lopes: E o jogo melhorou?

Chico: Continuou na mesma. Fique claro que a partida não foi ruim, mas muito embolada e com poucas chances de gol. Ainda mais quando o Palmeiras conseguiu o gol e começou a segurar o resultado, que lhe garante uma ótima vantagem para a decisão. O atacante Luiz Ricardo ainda teve duas boas chances. Uma cabeceou para fora e na outra chutou firme, mas Marcos fez excelente defesa e mostrou que está novamente em grande fase.

Lopes: E aí? Você acha que a Ponte ainda tem chances?

Chico: Difícil. Se não conseguiu nem ganhar em casa...Mas sabe como é, o futebol é uma caix...

Lopes: Já entendi!

Um comentário:

Anastácio disse...

Já que o meu timão num tá na final, tenho q torcer com muita força pra Macaca!
Ia comentar mais, mas tenho alguns veículas para ´parar...