quinta-feira, 23 de fevereiro de 2006

Mais de Chelsea X Barcelona

Como não poderia deixar de ser o falastrão José Mourinho apimentou ainda mais a segunda partida da Champions League com declarações polêmicas.
Na partida do ano passado o mesmo ocorreu envolvendo o árbitro Anders Frisk, ao, supostamente, ter visto o juiz saindo do vestiário do Barcelona, o português afirmou contundentemente que a partida estava comprada e que a expulsão do centroavante Drogba teria sido fruto de má intenção, posteriormente Frisk anunciou a prematura aposentadoria.
Dessa vez o alvo foi Lionel Messi, Mourinho acusou o argentino de ter encenado a falta que culminou na expulsão de Del Horno :
"Como se fala trapacear em Catalão?" e não parou por aí "Será que o Messi pode ser suspenso por encenar? Barcelona é um centro cultural com grandes cinemas, esse garoto aprendeu muito bem. Ele aprendeu a jogar encenando".
Messi se defendeu dizendo que não faz encenações e ainda desqualificou as afimações do treinador adversário :
"Eu não dou importância para isso (as declarações) porque todos sabemos como ele é, ele gosta de falar, ele gosta de falar coisas e esquentar a atmosfera".
O camisa trinta do Barcelona também falou do lance da expulsão e de Del Horno :
"Por sorte eu avistei ele (Del Horno) chegando e pulei porque caso contrário ele teria me machucado ainda mais" o argentino lembrou de um lance anterior " O primeiro pontapé que ele desferiu deixou uma marca" e continuou "Com certeza eu senti esse mais (o primeiro pontapé), porém com a vitória você não nota os pontapés.

2 comentários:

farah disse...

José Mourinho Clooney é escroto!

Rakal D'Addio disse...

Não sei se rótulo ele como engraçado ou mala.